NOTAS E RELATÓRIOS TÉCNICOS

01

Abril 2020

NOTA TÉCNICA 01

 Cenários da epidemia de COVID-19 no Distrito Federal

Esta Nota Técnica tem por objetivo divulgar os resultados relacionados às medidas de isolamento social adotadas pelo governo do Distrito Federal, a fim de reprimir a disseminação rápida e ampliada do novo coronavírus. Tomou-se como referência para análise da epidemia o parâmetro R(t), que representa o número de reprodução da epidemia no tempo t. O valor de R determina se a epidemia está ou não sob controle. Para tanto, foram sistematizados e analisados os dados disponibilizados pela Secretaria de Saúde do Distrito Federal, no período de 07/03/2020 a 23/04/2020. Nesse período, os valores estimados de R indicaram uma redução significativa do número de reprodução de casos, de 4,63 para valores abaixo de 1,3. A partir do modelo epidemiológico SEIR, foram realizadas simulações de quatro cenários da evolução da epidemia no Distrito Federal, considerando as medidas de contenção propostas pelo governo. Ressaltase que o cenário simulado que apresentou resultado mais equilibrado foi o que adotou medidas ligeiramente mais flexíveis que as vigentes. Como a manutenção das medidas atuais não são factíveis por um longo período, é necessário substituí-las por medidas sustentáveis do ponto de vista social e econômico. A análise dos resultados alcançados pelas simulações dos cenários subsidiou a proposta de onze princípios estratégicos a serem observados para o enfrentamento sustentável da pandemia.

02

Julho 2020

NOTA TÉCNICA 02

"As inteligências epidemiológica e geográfica são apresentadas como alternativa para a supressão da pandemia de COVID-19 no âmbito da vigilância epidemiológica."

RELATÓRIOS TÉCNICOS

01

Maio 2020

RELATÓRIO TÉCNICO 01

Volta às aulas no Distrito Federal durante a pandemia de Covid-19 

A Covid-19 mudou significativamente a dinâmica da sociedade, provocando, dentre outras restrições, a suspensão das atividades escolares. Esta pesquisa visou identificar a opinião dos pais de estudantes da educação básica, matriculados nas redes pública e privada do Distrito Federal, sobre a volta às aulas durante a pandemia da Covid-19, e destacar elementos a serem considerados na tomada de decisão sobre a volta das atividades escolares. A enquete foi elaborada por meio de perguntas que contemplaram aspectos que favorecessem uma ampla análise do quadro de confiança e incertezas dos pais ou responsáveis pelas crianças e jovens envolvidos no processo. A divulgação da enquete foi realizada pelas redes sociais e teve o preenchimento voluntário, garantindo-se o anonimato dos participantes. Os resultados não têm a pretensão de representar a população do DF, pois não segue uma amostragem aleatória. De todo o modo, os dados proveem informações relevantes sobre o quadro em questão. A enquete obteve 40.169 respostas em quatro dias, o que reflete o engajamento dos pais ou responsáveis em expressar seus sentimentos e opiniões. O momento de enfrentamento da pandemia é um processo delicado por envolver medidas que afetam significativamente a vida da população. Com isso, em uma sociedade democrática, a participação popular na tomada de decisões é fundamental. São apresentados os seguintes elementos a serem observados pelo governo e pelas famílias para tomada de decisão sobre o retorno às aulas: adoção de medidas e acompanhamento específico por região; autonomia de decisão de escolas e pais; e definição de medidas de contenção efetivas e factíveis, considerando a realidade local. De forma geral, os resultados apontam para dificuldades a serem vencidas em todos os aspectos relacionados ao retorno às aulas. A opinião dos pais sobre o retorno às aulas, na amostra, reflete: preocupações com as medidas de proteção; insegurança com o retorno às aulas no atual cenário; desafios em utilizar adequadamente o ensino a distância; conexão adequada à internet como forma de acessar conteúdos; exposição dos estudantes ao vírus no trajeto de casa para a escola; suscetibilidade das famílias que moram na mesma casa ao vírus, entre outros.